betafly-color.png

O que podemos aprender sobre Marca Pessoal com minha filha de 11 anos

0-1-1024x678

Hoje foi dia de arrumação no armário da minha filha.

Mas poderia ter sido um processo de Marca Pessoal.

As etapas seriam as mesmas…..afinal, foi dia de olhar para tudo o que estava ali e avaliar:

1 – o que já foi bacana um dia, mas deve ficar no passado;

2 – o que ainda serve e deve ser preservado; 

3 – qual espaço devemos abrir para o novo, o que ainda não temos.

E não é assim com nós mesmos? 

Na gestão de nossa Marca Pessoal, esse processo de “faxina” precisa acontecer periodicamente. Caso contrário acontece o que estava acontecendo com o armário da minha filha: acumula pó.

E como tem gente deixando sua Marca Pessoal empoeirar não? 

De tanto acumular cursos, experiências, realizações, às vezes uma marca pode parecer aquele armário cheio de coisas, mas que a gente não sabe direito pra onde olhar quando está procurando algo, de tanta coisa que tem pra ver. 

Então o primeiro aprendizado da arrumação de hoje é sobre Posicionamento. 

Da mesma forma que minha filha às vezes precisa de algo, mas quando olhava ali, no meio daquele monte de coisas, não encontrava o que procurava, o seu público pode estar te olhando e não enxergando claramente o que você entrega. 

O que você oferece, o valor que você agrega, ele está ali; mas está no meio de tantas outras referências que na verdade fica confuso. Seu cliente pode não entender, e então procurar alguém cuja oferta seja mais clara. 

Por isso dizemos que posicionar é fazer escolhas. Escolher o que a gente quer é fácil. Difícil é abrir mão do restante. É olhar pra tudo aquilo que você pode dizer sobre você mesmo e fazer uma escolha. E deixar essa escolha clara. Assim como a minha filha, que ao tirar um monte de coisas da frente, deixou mais visível o que realmente importa.

O segundo aprendizado é sobre Foco

Decidimos que nessa semana resolveríamos a questão, e nos concentramos no trabalho. Claro que a vontade era de fazer outras coisas. Quantas outras demandas urgentes pareciam nos atrair com a tentação de deixar a arrumação para “quando tivermos tempo.”

A gente bem sabe que tempo é uma questão de prioridade.

Então decidimos que a hora era aquela, e nos concentramos em olhar para aquele mosaico de lembranças, avaliando uma a uma e decidindo o que seria mantido e o que seria doado. Deu vontade de parar. Algumas vezes. O pó que levanta, incomoda. As lembranças gostosas que emergem, nos distraem. Muitas vezes minha filha me falava para largar aquela foto e retomar o foco no que estávamos fazendo.

Assim também é com a gestão de qualquer marca: de tempos em tempos é fundamental reservar um tempo de qualidade para refletir, se permitir rever certezas encrustradas, fazer escolhas, para seguir adiante com mais clareza do caminho. 

O terceiro aprendizado é sobre Significado

Algumas vezes eu separava alguns itens que não me pareciam fazer o menor sentido serem guardados: um brinquedo velho, um bilhetinho antigo…mas minha filha não os deixava ir porque são importantes para ela. Não importa tanto o que eu acho de um papel amassado: o significado é dado por ela.

Da mesma forma, em momentos de revisão da nossa Marca Pessoal, temos a oportunidade de resgatar o que faz sentido para nós.

Significado é pessoal e instranferível. Qualquer experiência ganha contornos únicos a partir da forma como cada um de nós a vivencia. Ninguém faz o mesmo curso: os colegas são outros, o olhar é o de cada um, cada momento de vida….assim como ninguém ocupa a mesma posição, trabalha na mesma equipe ou se banha no mesmo rio…

Podemos escolher colocar luz em experiências que podem parecer irrelevantes para alguns, mas que nos trouxeram grandes aprendizados, nos moldaram.

São justamente essas decisões que nos tornam singulares. São elas que dizem ao mundo quem somos nós.

Como depois de qualquer processo como esse (aqui a interpretação é livre…) saímos de alma leve.

Foi o que tinha que ir, ficou o que tinha que ficar. Agora o novo pode vir, porque abriu-se o espaço.

E você, conhece alguém que gostaria de uma arrumação como essa? 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

three × one =