betafly-color.png

5 dicas para posicionar sua Marca Pessoal nas redes sociais do jeito certo

marca pessoal como se posicionar nas redes sociais do jeito certo

Todos nós somos uma marca. Querendo ou não, já temos uma marca. A única diferença é que alguns profissionais sabem atuar de forma estratégica através sua Marca Pessoal, enquanto outros, seguem a manada e não encontram seu posicionamento de Marca. 

A jornada de  Marca Pessoal que acreditamos aqui na Betfaly — e desenvolvemos através de uma metodologia proprietária, o Método FLY® — é um processo profundo que vai definir uma estratégia de comunicação alinhada com o propósito, com a essência única de cada cliente. 

Desta forma, acreditamos que só assim é possível conectar a Marca Pessoal de forma autêntica. Além disso, a Marca Pessoal não está somente on-line, por isso que no Método FLY®, começamos a jornada no “mundo off-line”.

Nosso processo inicia entendendo cada cliente na sua essência, de forma única, e encontrando os os talentos e diferenciais. No artigo abaixo exploramos mais o conceito de Marca Pessoal e como se posicionar nas redes sociais do jeito certo. Vamos conferir?

O poder das redes sociais

As redes sociais são um canal para expressar a sua marca. Aliás, eu diria que hoje é o canal mais importante de comunicação que você pode ter com seu público. 

Mas quão vital é uma estratégia de Marca Pessoal com foco em mídia social? Uma ilustração disso é fazer uma pesquisa no Google pelo seu nome. Faça isso agora mesmo e veja quais os resultados aparecem quando você digita seu nome completo.

Surpreso com os resultados? Bom, hoje o Google é nosso cartão de visitas. Prova disso é que 96% dos brasileiros procuram empresas no Google antes de ligar para elas ou visitá-las, de acordo com pesquisa da Provokers. 

Isso acontece da mesma forma com Marca Pessoais, por quê? Por que só fechamos um negócio quando nos conectamos e conseguimos gerar CONFIANÇA!

E confiança, dentro do conceito de Marca Pessoal, é o quanto as pessoas acreditam que você cumprirá aquilo que se propõe a fazer.

1.  Qual público você quer atender?

O primeiro passo para o posicionamento nas redes sociais é definir qual público você quer atender. Afinal, quem quer falar com todo mundo acaba não falando com ninguém!. 

Por isso, determine primeiramente qual será o seu público-alvo, estude seus gostos, preferências, entre outros, e comece a se comunicar diretamente com eles. E principalmente: siga firme na sua escolha!

2. Esteja alinhado com seu DNA

Falar para gerar conteúdo relevante é “chover no molhado”. Temos inúmeros exemplos de empresas e pessoas que estão produzindo muito conteúdo relevante nas redes sociais.

E você também deve fazer isso. Mas só isso não basta! É preciso que seu conteúdo esteja também conectado com seu DNA, com seu propósito. De nada adianta produzir um material riquíssimo, mas que não condiz com o que você acredita.

Seu conteúdo precisa estar intimamente ligado à sua Marca Pessoal e oferecer aquilo que você realmente faz de melhor, e não apenas vender um serviço.  Inclusive, a venda é uma consequência da sua comunicação e da relação de confiança que seu público vai gerar com você. 

3. Seja consistente

A consistência é um componente chave para estabelecer sua reputação como autoridade e construir a confiança que vem com essa reputação.

A confiabilidade mostra à sua comunidade que você é um profissional e também um especialista em seu assunto. Você pode mostrar seu compromisso com a consistência de várias maneiras.

Comece com uma Marca Pessoal consistente e uma voz que você usa em todo o seu conteúdo. Isso ajuda as pessoas a conhecê-lo e identificar facilmente qualquer coisa criada por você.

É importante estar visível — mas você precisa antes de estar visível, seguir seus valores, o que você acredita e como se encaixa na sua rotina. Eu gosto de dizer que temos que sair da zona de conforto, que é importante testar o novo, mas nunca jamais sem perder sua essência.

Leia também::: O poder do storytelling para fortalecer sua Marca Pessoal

4. Não tenha medo de ser você mesmo

Seja autêntico e nunca tenha medo de ser você mesmo. Quem lhe conhece, saberá se você está sendo autêntico, ou se assumiu um personagem. E quando acontece a segunda situação, você deixa de passar credibilidade, deixa de gerar confiança.

Por isso, não tenha vergonha do seu modo de falar, do seu jeito de se expressar. Isso faz parte do seu DNA, da sua característica única e que também integra sua Marca Pessoal.

5. Tenha uma estratégia de comunicação

E por fim, tenha uma estratégia de comunicação, para que você possa seguir todos os pontos anteriormente elencados. É essa estratégia que servirá de roteiro para sua comunicação (seja on-line e off-line) e que o fará se diferenciar do jeito certo.

Saiba dosar seu lado profissional com seu lado pessoal. É importante explorar o valor que você gera para seu público, explorar o seu propósito. Mas também é importante mostrar seu lado humano, sua vida pessoal, somente o que faz sentido compartilhar, sempre dentro de um contexto profissional.

Melhore sua Marca Pessoal

Esperamos que essas dicas para construir uma estratégia de Marca Pessoal nas redes sociais possam ajudá-lo a pensar em como você se apresenta online.

Saber como se posicionar e comunicar seu diferencial é um excelente caminho para tornar sua Marca Pessoal mais forte, única e diferenciada. Fará também seu público, clientes e pacientes, a ver você como uma referência em sua área.

E se deseja se posicionar nas redes sociais já com uma Marca Pessoal mais definida de acordo com seu DNA, conheça nossa Mentoria BetaFly ® de Personal Branding. É só clicar no botão abaixo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

fifteen + nine =